08 abril 2013

O segredo do sucesso está no sino dourado – Parte 2


Tá! Eu sei! Demorei demais pra escrever essa parte dois né?

Desculpa! De verdade! Acabei me perdendo na administração da minha vida (sou péssima em administrar coisas, confesso! ). Voltei do Chile, fiz vestibular. Passei! Mudança pra outra cidade (agora moro na praia, eba!), caixas e mais caixas! Aulas começaram. Agroecologia! Férias! Pedra no rim, médico. Acabei me perdendo. Mas, não esqueci um dia se quer que esse texto merecia uma parte 2 e o mais rápido possível.

E depois de um parágrafo inteiro de blá blá blá (risos), aqui estou! Com vocês: O segredo do sucesso está no sino dourado – Parte 2.

Espero que tenha dado tempo pra vocês pensarem (e repensarem), em tudo que escrevi na parte 1! Relendo aquele texto acho que tudo que eu mais quis dizer foi: Meninas o segredo do sucesso não está em um casamento, em um relacionamento, em um futuro a dois, em cumprir expectativas que a igreja te impõe, que você mesma se impõe (até sem perceber), que as situações a sua volta ditam como regra!

Sim! Muitas vezes somos a única da turma que ainda não casou, ou que ainda não tem um namorado e parece que estamos em grande pecado por isso. Em uma tristeza profunda! Em uma dor sem fim. Às vezes você até escuta: “Tadinha dela”... Ou às vezes você fala isso pra você mesma. E por que isso?
Porque de alguma maneira achamos que o segredo do nosso sucesso está no sino dourado. Está no grande dia! Que a vida só tem graça, só começa a existir a partir dai. Idealizamos tanto isso que perdemos o belo que há em todo processo pra isso.

Sem querer dizer algo óbvio, mas já dizendo, o segredo do nosso sucesso está em Deus e só Nele.

Nunca imaginei que fosse fazer isso, mas acho que agora cabe aqui um testemunho pessoal. Algo bem atual que estou vivendo, e o que me faz crer que a parte 2 vir só agora faz parte da providência, soberania e graça de Deus para conosco. Acho que se escrevesse esse post antes, não teria nada que contar. Nada que dizer. Hoje eu tenho. Hoje eu entendo que o segredo do meu sucesso não está em NADA além de Cristo.

Eu passei por dois namoros. O primeiro um tanto traumático, o segundo um tanto rápido, um tanto fantasiado de “falsa cura”. Ambos, pela falta de entendimento de que o segredo do meu sucesso não está em um homem.

Eu idealizava tanto o “estar com alguém”, parte como resultado de pregações que supervalorizavam o casamento e aprisionavam numa “santidade” anti-bíblica, parte por imaturidade minha, parte por relutar em deixar Deus me curar NO TEMPO DELE, e não no meu. Talvez por me sentir sufocada, cobrada pelas circunstâncias a seguir a maré e como todos estão casados eu também devo estar.

Mas, Deus insistiu e tem insistido em me fazer aprender que o segredo é Ele. Que meu único dever é descansar Nele e deixá-Lo ser tudo que eu preciso. Sem entender isso o ciclo de relacionamentos frustradas vai continuar. Pois sempre vou cobrar de cada namorado aquilo que só o Senhor pode ser, fazer, dar, conquistar em mim. Vou sufocá-los, pois meu ser anseia por Deus e se eu não beber na fonte certa vou viver numa construção desenfreada de falsos deuses, sugando, sugando, sugando e me ferindo. Ficando suja.

Na última semana tenho meditado em Oséias. E é com todo temor e carinho que quero compartilhar com vocês as preciosidades que Deus tem trazido através desse livro. Revelando o segredo do verdadeiro sucesso.

Oséias 2: 6-23 diz:


Portanto, vou pôr ao redor dela uma cerca de espinhos e vou construir um muro na estrada, para que ela não encontre o caminho. Ela correrá atrás dos seus amantes, mas não os alcançará; irá procurá-los, mas não os encontrará. Então dirá: “Vou voltar para o meu marido, pois, quando vivia com ele, eu era mais feliz do que agora.” Ela não compreendeu que fui eu que lhe dei o trigo, o vinho e o azeite; fui eu que lhe dei muitos presentes de prata e de ouro, que ela ofereceu ao deus Baal. Portanto, quando chegar o tempo da colheita, eu tomarei dessa mulher o meu trigo e o meu vinho e levarei embora as roupas de lã e de linho que tinha dado para ela vestir. Agora vou deixá-la completamente nua na frente dos seus amantes, e ninguém a livrará do meu poder. Acabarei com toda a sua alegria: não haverá mais festas anuais ou festas mensais, nem as festas dos sábados, nem qualquer outra festa. Eu destruirei as suas plantações de uvas e as suas figueiras que ela disse que recebeu como pagamento dos seus amantes. Só ficará mato, e os animais selvagens devorarão tudo. Ela me abandonou, adorou as imagens do deus Baal e queimou incenso como oferta a ele. Ela também se enfeitou com anéis e joias e correu atrás dos seus amantes. Por causa de tudo isso, eu a castigarei. Eu, o Senhor, estou falando. Deus disse ao povo de Israel: — Vou seduzir a minha amada e levá-la de novo para o deserto, onde lhe falarei do meu amor. Ali, eu devolverei a ela as suas plantações de uvas e transformarei o vale da Desgraça em uma porta de esperança. Então ela falará comigo como fazia no tempo em que era moça, quando saiu do Egito. Mais uma vez ela me chamará de “Meu marido” em vez de me chamar de “Meu Baal”. Nunca mais deixarei que ela diga o nome Baal; nunca mais se falará desse deus. Sou eu, o Senhor, quem está falando. — Naquele dia, farei um acordo com os animais selvagens, com as aves e com as cobras, para que não ataquem a minha amada. Quebrarei as armas de guerra, os arcos e as espadas; não haverá mais guerra, e o meu povo viverá em paz e segurança. — Israel, eu casarei com você, e para sempre você será minha legítima esposa. Eu a tratarei com amor e carinho e serei um marido fiel. Então você se dedicará a mim, o Senhor. Naquele tempo, serei o Deus que atende: atenderei ao pedido dos céus; os céus atenderão ao pedido da terra, dando-lhe chuvas; e a terra responderá produzindo trigo, uvas e azeitonas. Assim eu atenderei as orações do meu povo de Israel. Plantarei o meu povo na Terra Prometida para que eles sejam a minha própria plantação. E eu amarei aquela que se chama Não-Amada; para aquele que se chama Não-Meu-Povo eu direi: “Você é o meu povo”, e ele responderá: “Tu és o meu Deus”.

Deus frustrará todos os nossos esforços para encontrar vida à parte Dele. Assim como fala fazer com Israel, tipificada na esposa de Oséias.

Quando me deparei com esses versículos essa semana entendi o título de um livro que estou lendo e me custava entrar na mente o real significado dele: “o anseio furioso de Deus”.

Entendi uma das canções que vem sido cantada e cantada por aí: He is jealous for me / Love's like a hurricane... Ele tem ciúmes de mim, (me) ama como um furacão!

No versículo 6 e 7 o Senhor falar que vai cercá-la com espinhos, fechar o caminho para que ela não encontre nada, ninguém, que possa roubá-la Dele outra vez. Que Ele não a deixará ir se não for com Ele e pra Ele. Nos versículos que seguem Deus fala sobre dar fim em tudo que lembra os seus amantes. Ele a deixará nua, sem vinho, sem trigo, sem azeite, sem ouros, sem jóias, sem festas, sem nada para entender que “a vida com Deus é mais feliz” (ainda que isso signifique não ter nada!).

E nesse ponto o Senhor diz que a levará para o deserto. Aqui não pensem em deserto como aquele tempo de sofrimento como é tão pregado por aí. Eu falo de deserto no sentido sem nada em volta. Sem ninguém por perto. Vocês veem aqui o que Deus diz querer fazer com aqueles que buscaram seu sucesso, sua felicidade, sua paz, sua vida em “amantes”, falsos deuses, enganosos refúgios? Ele quer levar eu e você, as meninas que muitas vezes se sentiram injustiçadas, julgadas, sofredoras, coitadas por não ter alcançado o “sucesso” do sino dourado, para um lugar onde não há NADA além Dele e você. E ali nesse lugar onde não cabe nada além de você e Ele, Ele diz que a seduzirá e te falará sobre Seu amor. E satisfeita Nele, sem tempo para pensar em “falsos” sucessos, Ele diz: “devolverei a ela as suas plantações de uvas e transformarei o vale da Desgraça em uma porta de esperança”. Sim, é exatamente isso que a busca pelo sucesso errado causa: desgraça. Falta de graça. Posso dizer que minha busca pelo “sucesso casamento” causou “falta de graça” em vários momentos. Não apenas nos dois namoros que tive, mas em horas onde fugi do meu presente e vivi como uma reclamona agarrada no passado ou num futuro que não chega, deixando de vislumbrar todo agir de Deus no meu hoje e perdendo tempo em desfrutar da solidão de um lugar onde só cabe Ele e eu.

O meu hoje é estar sozinha, muitas vezes fisicamente de maneira intensa, sem nada nem ninguém por perto. Sem amigos, sem um namorado, sem meus pais, sem vizinhos. Mas, não vou fugir mais disso. Hoje sei que o lugar que estou é exatamente esse onde Deus me despiu de todos os meus falsos deuses que me prometiam falsos sucessos, e está me seduzindo e me falando do Seu amor. Amor que me impede de encontrar com amantes que me atraem, amor movido por um anseio furioso em que eu O pertença. Um amor que tem ciúmes de mim e me ama como um furação. Um violento amor. Que destrói tudo que se apresenta pra mim e em mim como algo que me desvie Dele. Um lugar onde Ele me trata com amor, carinho e fidelidade, onde Ele ouve as orações e ama quem ainda não foi amada, e faz Dele quem não pertence a ninguém! Tudo isso ali, nesses versículos de Oséias.

O segredo do sucesso está no lugar onde só cabe você e Ele. Onde todos os esforços para encontrar vida a parte Dele são frustrados e nada resta.  Não tenha medo de ser conduzida a esse lugar pelo amor furioso de Deus por você.

Com todo carinho do meu coração, orando pra que cada uma de você encontre o "sucesso" Dele e Nele. 

*p.s: eu recomendo a leitura desse artigo: Eros: AmorProfundo e Incompreendido de Hermes C. Fernandes. Ele respalda e ajuda a entender melhor esse forte amor de Deus.

Postado por Sami Ferraz às 17:51 0 comentários
08 abril 2013

O segredo do sucesso está no sino dourado – Parte 2

Tá! Eu sei! Demorei demais pra escrever essa parte dois né? Desculpa! De verdade! ...
Postado por Sami Ferraz às 17:51 0 comentários